Minha experiência com Fiambre / Spam

wpid-20150604_115252.jpg

Oi pessoal!

Nesse post vou descrever a minha experiencia comendo Fiambre…

Tudo começa com este anuncio:

swift apresuntada 1944 a vida domestica fevereiro

Durante a Segunda Guerra Mundial, a carne ficou muuuito escassa, logo cara. Isso porque o Brasil estava ajudando no esforço de guerra, exportando a carne para os aliados. Assim, houve um racionamento de algumas comidas aqui, a exemplo de outros países mais envolvidos na guerra, que estavam em uma situação bem pior que a nossa (e precisava de fiambre ainda mais que a gente, pobres pessoas!).

Só numa situação dessas mesmo que eu comeria isso de novo. porque olha… o trauma foi grande! hahaha

Pra quem não sabe, o nome inglês dessa “carne” enlatada deu nome a uma das coisas mais irritantes do mundo cibernético: SPAM. Reza a lenda que esses e-mails ganharam este nome porque eram como o fiambre que vinha nas cestas de natal das empresas  no final do ano (numa época em que a guerra já tinha passado há algumas gerações e quase ninguém mais precisava de Spam, obrigada): bem inoportunas e desnecessárias.

Aí eu penso: aaaah gente, não vamos exagerar, não pode ser tao ruim assim. isso deve ser coisa de gente fresca que nem moela come… Resolvi procurar e encontrei num mercadinho perto do meu trabalho.wpid-20150604_120606.jpg

1. Parece que ninguém mudou a embalagem desde a guerra (não estou reclamando, na verdade eu achei maravilhosa a chavinha!)

2. Quando eu abri o negocio é que eu vi o tamanho da cilada em que eu estava me metendo. Tinha cara E jeito de comida de cachorro (ainda não estou reclamando, juro).

3. Agora é a parte que eu reclamo de verdade. Eu realmente esperava que fosse mais durinho e que saísse inteiro da lata. Igual no anuncio. Mas não. É tipo um patê de todo tipo possível de carne prensado. e eu odeio patê com todas as minhas forcas. Nessa hora eu perdi a coragem.

wpid-20150604_122310.jpgA sorte é que meu namorado tinha feito um pão russo de batata (alias, tava maravilhoso, valeu mozão!), que ajudou bastante. Ah, e ele comeu primeiro. Sem morrer. Isso também ajudou muito.

4. O que você faz pra melhorar o gosto (ou a textura, o que foi o que realmente me incomodou) de uma coisa intragável? Eu frito. Ainda mais porque foi isso que eu vi num documentário da BBC, de pessoas que ficaram um ano vivendo posso nos tempos da guerra. Achei que era muito esperta. Mas não melhorou muito não…

No fim eu acabei não comendo quase nada. Meu namorado que é mais forte (e estava com mais fome) até aceitou bem, então pode ser só frescura minha. O sabor na verdade não é tao ruim.

Na verdade disso tudo pra mim o mais interessante pra mim é que ainda fazem fiambre ainda nos dias de hoje. Valeu muito a experiencia! Mas não recomendo pra quem é chato pra comer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s